30 anos do título brasileiro do Coritiba

Hoje, 31 de julho está fazendo 30 anos que o Coritiba conquistou seu primeiro e único título de Campeão Brasileiro (Série B não conta!). Na verdade a decisão de pênaltis contra o Bangu terminou na madrugada do dia 1° de agosto de 1985.

Sou corinthiano, e sendo paranaense torci pelo Coritiba naquele jogo. Eu era um garoto de 15 anos e torci muito em frente à TV, vendo o jogo pela Rede Globo, com narração do pouco famoso na época, Galvão Bueno. Acabei dormindo tarde naquela noite, mas contente com o titulo do Coritiba. Eu trabalhava como entregador de jornais e no dia seguinte tive que acordar cedo numa quinta-feira nublada, para entregar a Gazeta do Povo, que trazia encartado um pôster colorido do Coritiba Campeão Brasileiro de 1985. Dias depois chegou às bancas a revista Placar com o pôster do campeão e do vice. Comprei a revista e tenho-a guardada até hoje.

Quatro anos após essa histórica decisão fui morar em Curitiba. E muito anos depois acabei trabalhando com um dos jogadores que foi campeão brasileiro pelo Coritiba. No caso, o Hélcio Scardazan, que era reserva da lateral coxa branca.

Elenco_85CFC

Elenco do Coritiba Campeão Brasileiro de 1985.

ol

Revista Placar, agosto 1985.

df

Pôster da revista Placar, agosto 1985.

Seleção Brasileira Master

Esteve em Campo Mourão participando de um jogo amistoso contra um combinado local, a Seleção Brasileira Master. Na verdade parecia mais a Seleção Master do Corinthians, pois entre outros jogaram: Biro-Biro, Tupanzinho, Zenon, Gilmar Fubá,  Vitor e Dinei. O placar foi 6 x 0 para a Seleção de Masters.

De negativo foi o público, que passou um pouco de cem pessoas. O jogo foi pouco divulgado e sendo numa sexta-feira à noite, no mês de dezembro e com outros eventos acontecendo na cidade, não dava para esperar grande público. O portão que levava ao campo estava aberto e tinha mais torcedor ao lado do banco de reservas da Seleção Brasileira Master, tirando fotos e pegando autógrafos, do que torcedores nas arquibancadas.

Jogo correndo solto...

Jogo correndo solto…

2

Banco de reservas.

3

Banco de reservas.

4

Até a Prefeita entrou na tietagem.

5

Vander e Tupanzinho, herói corinthiano.