Roncesvalles

Roncesvales é uma pequena cidade na Espanha, localizada na província autônoma de Navarra. Em 2016 tinha 34 habitantes. Situa-se na margem do rio Urrobi a uma altitude de cerca de 900 metros, nos Pirineus, a 4 km em linha reta da fronteira com a França, ou a 21 km por estrada. Em Roncesvales existe uma antiga colegiada (conjunto de dignidades instituídas numa igreja paroquial e que a tornavam semelhante ao cabido de uma sé catedral; os seus dignitários eram conhecidos como raçoeiros, e os párocos detinham o título de priores ou reitores das colegiadas).

Roncesvales é famosa na sua história e tradição pela derrota de Carlos Magno e pela morte de Rolando (ou Roldão) em 778, durante a batalha de Roncesvales, onde a retaguarda das tropas de Carlos Magno foi destruída pelas tribos bascas. A batalha teria ocorrido no vale denominado Valcarlos, hoje ocupado por uma aldeia com o mesmo nome, e no vizinho passo Ibañeta.

Desde a idade Média que a colegiada de Roncesvalles tem sido local de descanso de peregrinos católicos que percorrem o Caminho de Santiago. Ela é o primeiro local de descanso após cruzar os Pirenéus franceses.

RONC1 (2)

IMG_4047

IMG_4046

RONC1 (4)

A4

A5

IMG_4045

RONC1 (13)

RONC1 (9)

IMG_4049

Mais um pouco de Saint Jean Pied de Port

Chegando em Saint-Jean vá direto à Oficina de Peregrinos , lá você poderá adquirir a sua credencial, se ainda não tiver uma, e ganhar o seu primeiro carimbo. A Oficina de Peregrinos vai te dar todas as informações que precisar sobre o caminho e principalmente sobre como atravessar os Pirineus. Eles sempre têm boletins atualizados sobre o clima nas montanhas, e se lá na oficina te falarem para não subir os Pirineus e ir por Valcarlos, não insista, eles sabem o que estão dizendo, é arriscadíssimo atravessar essa região com mau tempo. Além disso você ganhará  um mapinha para não se perder na trilha até Ronsesvalles, uma relação super útil com a maior parte dos albergues do caminho, mostrando a distância entre eles em quilômetros, o período que estarão fechados, preço, telefone e estrutura oferecida em cada um desses estabelecimentos, eles também vão te dar um folheto com o perfil topográfico de cada etapa.

Fonte: https://www.santiagodecompostelainfo.com

DSC06480

DSC06286

DSC06292

DSC06293

DSC06296

DSC06298

IMG_3925

IMG_3928

IMG_3927

IMG_3932

IMG_3938

DSC06295

IMG_3939

Saint Jean Pied de Port

Saint Jean Pied de Port, é uma simpática cidadezinha medieval localizada no sudoeste da França, fundada no final do século XII. É um dos pontos de partida prediletos dos peregrinos que fazem o Caminho Francês. Atualmente ela está localizada no lado francês do País Basco, mas antigamente Saint Jean Pied de Port pertencia ao reino de Navarra. Devido a sua excelente localização, a cidade foi criada para proteger a capital Pamplona, e também exercia a função de alfandega. Saint Jean Pied de Port já era uma cidade bem desenvolvida quando o rei teve uma ideia brilhante, desviou a estrada primitiva de Compostela para que ela atravessasse a cidade, tornando-a passagem obrigatória dos peregrinos que vinham da França.

Assim que você entrar na parte murada da cidade já vai cair na rue de la Citadelle, que é repleta de albergues e lojas “especializadas em peregrinos”, lá se encontra de tudo, roupas, equipamentos, produtos de higiene pessoal em embalagens bem pequenas, conchas, cajados, enfim, qualquer coisa que eventualmente precise. E no número 39 dessa mesma rua foi aberta em 1992 a Oficina de Peregrinos(escritório de peregrinos), fazendo com que a quantidade de pessoas que começam o caminho por ali, subisse de 3.000 para quase 55.000 em 2015, reforçando a verdadeira vocação da cidade. Saint Jean é vibrante, tem uma energia boa no ar, aquele vai e vem de peregrinos transmite uma alegria contagiante que torna esse lugar mágico.

Reserve algumas horas pra conhecer os patrimônios históricos da cidade, caminhe sem destino e observe a beleza das casas (séculos XVI e XVII) com os nomes do primeiro proprietário gravado sobre as portas, suas profissões e datas de construções.

Fonte: https://www.santiagodecompostelainfo.com/

DSC06482

IMG_3758

IMG_3785

IMG_3851

IMG_3899

IMG_3902

IMG_3913

IMG_3917

Biarritis e Bayonne

Saindo de Paris, fui de avião até a cidade de Biarritis, onde peguei um ônibus municipal até Bayonne. Depois segui de Bayonne até Saint Jean Pied de Port, que a cidade onde começa o Caminho Francês de Santiago de Compostela.

No trem passei por um grande susto. Durante uma forte chuva, uma árvore caiu em frente ao trem e ele quase capotou. Nossa viagem de trem acabou ali, pois ele sofreu avarias na parte frontal e teve que ficar parado. Um ônibus foi buscar os passageiros e nos deixou na Estação de Trem de Saint Jean.

IMG_3657

Decolando de Paris.

DSC06244

DSC06272 (1).9

DSC06273

IMG_3713

IMG_3717.5

Concha do Caminho de Santiago

Hoje pela manhã tive uma grata surpresa no trabalho. Recebi a visita da amiga Christiane Knoener. Ela veio me trazer uma concha do Caminho de Santiago de Compostela. Essa concha ela ganhou de uma amiga, antes de percorrer o Caminho de Santiago, ano passado. É um costume que alguém que recebeu a concha, repasse para outra pessoa que vai percorrer o Caminho. A concha não deve ser comprada, mas sim ganha de alguém e depois repassada para outro peregrino. Como vou percorrer o Caminho daqui uns dias, a Chris veio repassar para mim a concha que ganhou. E uma coincidência é que embarco na mesma data que ela embarcou ano passado e início o Caminho também na mesma data que ela iniciou. Espero ter a mesma “sorte” que ela teve no Caminho. Essa história é melhor eu não contar aqui…

Concha de Vieira, é o símbolo mais conhecido do Caminho de Santiago. Os peregrinos que regressavam de Finisterra (local distante 80 quilômetros de Santiago de Compostela, e que é o ponto mais a oeste da Europa e por isso antigamente era considerado o fim do mundo, ou fim da terra), mostravam aos seus familiares e amigos a concha como prova de que fizeram a peregrinação até Santiago de Compostela. Hoje a concha é um símbolo que todos carregam desde o início da caminhada, para indicar que estão fazendo a peregrinação até Santiago de Compostela. Ligado à Deusa Vênus, o símbolo da concha também representa o renascimento de uma pessoa. No caso do Caminho, todas as mudanças que ocorrem com a pessoa durante a jornada.

WhatsApp Image 2017-09-01 at 09.21.25

WhatsApp Image 2017-09-01 at 09.21.26