Túnel do Tempo: Usina Mourão

No Túnel do Tempo de hoje, uma foto da Usina Mourão, que fica há cinco quilômetros de Campo Mourão. Essa foto é do ano que nasci, 1970 e mostra a recém terminada Usina Mourão. Na foto a estrada asfaltada ainda não estava terminada, nem a nova ponte.

É visível a cachoeira que hoje faz parte do Parque Estadual Lago Azul. Na foto aparecem poucas árvores, no local que sofreu uma grande mudança para melhor e foi bastante arborizado, tendo se tornado um Parque Estadual e área de preservação permanente.

Usina Mourão (1970).

Usina Mourão (1970).

Usina Hidrelétrica Mourão

Desde que entrou em operação, a Usina Hidrelétrica Mourão nunca havia registrado uma vazão tão grande quanto a que foi contabilizada esta semana. Ela foi 17 vezes maior do que o que é registrado em média. Com o aumento no volume, a barragem que fica a seis quilômetros da cidade, virou um espetáculo à parte. A vazão que é na média de 14,4 metros cúbicos por segundo chegou a 250 metros cúbicos por segundo. Antes disso, a maior vazão registrada havia sido em 1983, ano de grandes enchentes, e mesmo assim, o máximo que se chegou foi 155 metros cúbicos por segundo. A usina que funciona no Rio Mourão está em operação desde 1964 e tem uma potência instalada de 8,2 MW. (Fonte: Jornal Tribuna do Interior)

Lembro que quando era criança fui algumas vezes com meus pais me banhar nas águas da represa, nas raras vezes em que ela transbordou. Naquela época era comum o pessoal além de se banhar, também lavar os carros nas águas da represa. Atualmente o acesso ao local é proibido e somente em cima da ponte que existe na estrada em frente à represa é que acaba sendo possível observar a água passando pela represa.

A represa essa semana. (Foto: Fábio Nogaroli)

A represa essa semana. (Foto: Fábio Nogaroli)

ac-usina-mourao-cheia_1

A represa com recorde de água. (Foto: Jornal Tribuna do Interior)

A represa nos anos oitenta. (Foto: Site Boca Santa)

A represa nos anos oitenta. (Foto: Site Boca Santa)

A represa em uma das poucas vezes que transbordou. (novembro/2011)

A represa em uma das últimas vezes que transbordou. (nov/2011)

Cris, Vander, Marilene e Mariá. (novembro/2011)

Cris, Vander, Mariá e Marilene. (nov/2011)

Foto de Sucesso

Teve uma foto minha da passeata realizada no último sábado em Campo Mourão que fez um certo sucesso. Essa foto foi publicada no site Boca Santa (www.bocasanta.com.br) e também no perfil do site no Facebook. Daí ela acabou sendo compartilhada e recompartilhada por muitas pessoas e teve diversos comentários de pessoas achando a foto bonita e elogiando.

Legal isso, de ver uma foto de minha autoria se espalhando por aí e fazendo sucesso. Isso envaidece um pouco, mesmo eu não sendo um cara vaidoso. Segue abaixo a tal foto…

Protesto ao lado da Catedral São José.

Protesto ao lado da Catedral São José.

Protesto e Passeata em Campo Mourão

No último sábado participei de uma passeata aqui em minha querida Campo Mourão. Após dias de muita chuva e frio, o tempo ajudou e até saiu um solzinho que animou centenas de pessoas a saírem as ruas e protestar contra muita coisa errada que está acontecendo nesse nosso querido Brasil. Finalmente o povo acordou, tanto nas grandes quanto nas pequenas cidades do país.

Foi uma caminhada pacifica e até mesmo a “invasão” ao Terminal de Ônibus Urbano da cidade foi tranquila, sem depredações ou violência. E o pessoal que ficou parado no trânsito em razão da passeata também não reclamou e até participou de dentro de seus carros, buzinando e acenando. Outra marca dessa passeata foram as muitas pessoas nas janelas dos prédios, acenando e mostrando cartazes.

Na passeata achei que cabia um pouco de protesto com relação a Prefeita atual da cidade, que em seis meses no cargo ainda não mostrou para o que veio. Ela fala muito, aparece muito, mas faz pouco. E a cidade está ainda pior do que estava na administração anterior e as ruas estão cada vez mais sendo tomados por buracos. E a iluminação pública está um caos, depois que sua administração foi transferida da Copel para a Prefeitura. Tem lâmpadas que estão queimadas há dez meses e não adianta ligar na Prefeitura, pois eles não fazem nada.

Hoje estive revendo antigas postagens que fiz aqui no blog e notei que há muito tempo eu já criticava o Governo Petista e essa faraônica Copa do Mundo no Brasil. Não pertenço a nenhum partido político e sempre fui critico as coisas erradas que acontecem, independente do partido ao qual pertence o Vereador, Prefeito, Deputado, Governador ou Presidente. E nunca gostei do PT e da maioria dos petistas, principalmente dos militantes fanáticos, que mais se parecem com membros de torcidas organizadas de futebol, ou então fanáticos religiosos. Com estes militantes petistas não dá para ter dialogo, pois são cegos pela sua ideologia e chegam a estremos, não conseguindo enxergar o que realmente está acontecendo e principalmente acreditam cegamente e defendem com unhas e dentes seus líderes, mesmo quando estes são corruptos e ladrões.

Finalmente o Brasil acordou e espero que essa série de manifestações não seja fogo de palha. E que no próximo ano o povo que esta protestando nas ruas dê sua resposta nas urnas, excomungando da vida pública tantos corruptos que estão hoje espalhados pelo Brasil e principalmente mandando para a PQP o governo petista que comanda a quadrilha lá de Brasília.

Passeata pelo centro de Campo Mourão.

Passeata pelo centro de Campo Mourão.

1016487_10151509206813067_807195591_n

Minha “velha” amiga Tania e sua filha Gabriela.

Passeata.

Passeata.

"Invasão" ao Terminal de Ônibus.

“Invasão” ao Terminal de Ônibus.

Participando da passeata.

Participando da passeata.

EM CAMPO MOURÃO NOVAMENTE

Após quatro dias estou de volta a Campo Mourão, dessa vez para ficar quatro dias, sendo que dois dias estarei percorrendo pela segunda vez o Caminho de Peabiru. A viagem foi gelada, saímos de Curitiba debaixo de muito frio e ao chegar a Guarapuava o frio estava ainda pior. Mas pior mesmo foi o fato do aquecedor do ônibus estar quebrado. As coisas só melhoraram quando chegamos em Campo Mourão, pois não estava tão frio. No decorrer do dia esquentou e deu até pra ficar sem camisa.

Hoje é aniversário de Campo Mourão, que completa 61 anos de idade. Fui ver o desfile comemorativo, algo que eu não fazia há uns dez anos. Lembrei também do tempo em que eu desfilava, sendo que a última vez foi em 1985. Bons tempos aqueles, o desfile era bonito, a rua estava cheia de pessoas, era uma festa muito animada. O que vi hoje foi um desfile fraco, desorganizado e com pouca gente assistindo. Decadência total…

Logo mais no final da tarde parto para a pequena comunidade de “Campina do Amoral”. A noite vai ter um simpósio sobre o “Caminho de Peabiru” e depois será oferecido um jantar típico, que provavelmente deve ser porco ou leitoa. Ano passado foi a mesma coisa, em dois dias de peregrinação pelo Caminho de Peabiru, comi mais porco do que comeria durante um ano inteiro. Então nos próximos dois dias estarei longe da civilização e longe da internet. Na volta conto como foi.

A expectativa é que não faça frio e principalmente que não chova. Também espero resisitir bem a caminhada, pois serão 60 km em dois dias e diferente do ano passado quando eu estava em excelente forma física, esse ano estou fora de forma e com três quilos a mais de peso, que se concentra quase todo na minha barriga.

Desfile de aniversário de Campo Mourão. (10/10/2008)

Desfile de aniversário de Campo Mourão. (10/10/2008)