“Monumentos” mais bizarros de Curitiba

Como despedida e  agradecimento a  Curitiba, farei uma  homenagem  um pouco diferente. Vou listar abaixo os onze “monumentos” mais bizarros da cidade, segundo uma pesquisa feita pela internet em 2007. Conheço todos estes pontos bizarros, dois deles são visíveis da porta de minha casa.

 – Área do Terminal Guadalupe (antiga Rodoviária);

– Rua Cruz Machado e sua zona boêmia (leia-se puteiros);

– Igreja Batista do Batel (há 25 anos em obras);

– Estátua de David, no Champagnat;

– Estátua da Liberdade da Havan;

– Estátua do papa João Paulo II, no Bosque do Papa;

– Rio Belém;

– Mural artístico pintando na fachada da Prefeitura;

– Cavalo Babão, na Praça Garibaldi;

– Estátua do Homem Nu, da Praça 19;

– As duas meias Pracinhas do Batel.

Terminal Guadalupe.

Cruz Machado

Igreja Batista do Batel

Estátua de David.

Estátua da Liberdade da Havan

Estátua do Papa

Rio Belém.

Um dos murais artísticos da Prefeitura.

Cavalo Babão.

Estátua do Homem Nu

Pracinha do Batel dividida ao meio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s